Acupuntura Veterinária – Técnica milenar chinesa a favor dos pets.

A acupuntura veterinária é uma técnica milenar da medicina tradicional chinesa utilizada para tratamentos de diversas patologias. No entanto, ainda existe muito preconceito em relação a esse tipo de tratamento.

Isso ocorre pois muitos ainda não acreditam em seus efeitos achando que a melhora de determinados quadros deve-se ao efeito placebo, ou seja, efeito psicológico criado pela ideia de estar sendo tratado. 

Humanos, de fato, podem sim ter influencia do chamado efeito placebo. É verdade. Mas e os animais? Como explicar a melhora visível de um determinado quadro, ou doença, após algumas sessões com estas pequenas e valiosas agulhas?

Origem da acupuntura veterinária

A Medicina Tradicional Chinesa existe há milhares de anos e inclui, além da conhecida técnica de acupuntura, técnicas complementares a ela como: fitoterapia, moxa, dietoterapia, eletro-acupuntura, acupressão, laserterapia, implantes de ouro, entre outros.

acupuntura veterinária

Ao contrário do que ocorre na medicina ocidental, a medicina tradicional chinesa é considerada holística, ou seja, enxerga o individuo como um todo: a união de corpo, mente, espirito e suas relações com o meio ambiente.

As raízes de sua filosofia estão nos ensinamentos tradicionais do Taoismo, que promove a harmonia entre o individuo (humano ou animal) e o mundo a sua volta, assim como um equilíbrio entre o Yin e o Yang.

As doenças, segundo a Medicina Tradicional Chinesa, são frutos de desequilíbrios energéticos que podem ser causados por fatores externos (relacionados ao meio ambiente), fatores internos (relacionado à emoções e sentimentos) ou fatores mistos (hereditariedade, estilo de vida, traumas, alimentação e outros).

Indicações da Acupuntura Veterinária:

A acupuntura veterinária é utilizada para amenizar o sofrimento de uma variedade muito grande condições.

Principais indicações:

Ação analgésica em afecções músculo-esqueléticas (como osteoartrose, displasia coxofemoral e outros),

Problemas neurológicos (síndrome vestibular, convulsões e outros)

Problemas gastrointestinais (náusea, constipação, diarreia, dor);

Distúrbios dermatológicos (alergias, otite, doenças crônicas);

Afecções cardiovasculares e respiratórias;

Distúrbios urogenitais (incontinência, doenças renais);

Melhora da qualidade de vida em pacientes com câncer;

Distúrbios de comportamento (ansiedade excessiva, depressão, comportamento maníaco).

Como funciona?

Primeiramente, acupuntura é o método no qual inserem-se agulhas em alguns pontos especiais chamados de acupontos. Estes, por sua vez, estimulam uma determinada área para que ela redirecione ou desbloqueie o fluxo de energia vital (conhecido por “chi” ou “Qi”).

Os acupontos são regiões na pele em que há uma grande concentração de terminações nervosas sensoriais. Sua estimulação, então, possibilita o acesso direto ao sistema nervoso central. Foram identificados 361 acupontos ao longo de 14 meridianos, que são canais de energia.

Acupontos em cães

Os meridianos são, enfim, canais por onde circula a energia vital do organismo. A cada um desses meridianos, estão ligados tecidos e órgãos internos. Logo, a aplicação de agulhas nesses pontos promovem respostas tanto nos tecidos adjacentes quanto nos órgãos à distância.

A acupuntura veterinária, poderá, portanto, equilibrar os meridianos afetados, influindo em órgãos internos, tecidos moles, estado emocional e outros. A liberação de endorfina e cortisol causada pela acupuntura causa relaxamento muscular, melhorando o funcionamento muscular e orgânico como um todo.

Quando há bloqueios, obstrução, excesso ou deficiência de energia nesses meridianos o corpo fica, consequentemente, propenso a problemas físicos e emocionais.

O objetivo da acupuntura é, enfim, promover a circulação de energia e ajustar os meridianos do corpo de acordo com equilíbrio de yin e yang.

Vantagens da acupuntura veterinária

Inúmeras possibilidades de aplicação: a acupuntura pode, de fato, ajudar a melhorar a qualidade de vida na maioria das doenças. Não importa sua localização. Além disso, oferece benefícios em qualquer faixa etária podendo ser associada a outras modalidades terapêuticas.

Diminuição do uso de medicamentos: atualmente, o uso de medicamentos está se tornando, sem dúvida, abusivo. De fato, são freqüentes as intoxicações, sem que se consigam resultados terapêuticos ideais.

Segurança no tratamento: é uma prática extremamente segura, exigindo apenas agulhas descartáveis e um bom nível técnico do terapeuta.

Veja mais na reportagem a seguir:

*Artigo escrito para a revista Senhora Atual, a primeira revista brasileira para senhoras 50+

Para mais informações sobre este assunto, acesse o site Acupuntura 4Patas

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *