Alimentos industrializados para cães e gatos.

Como escolher o melhor alimento?

Os alimentos industrializados surgiram com o objetivo de fornecer aos nossos pets, de forma prática, uma nutrição completa e balanceada.

Um alimento bem prescrito atua, de fato, diretamente no desenvolvimento e na saúde do animal. Sendo assim, é muito importante que se levem em conta as características do próprio pet para fazer uma boa escolha.

Cada animal tem necessidades especiais de acordo com os mais variados fatores como: idade, raça, porte, estilo de vida e também ao orçamento da família.

As diferenças entre as categorias de alimentos industrializados:

Primeiramente, é importante entender melhor quais são as diferenças entre as categorias de alimentos industrializados já que há tantas opções no mercado com grandes variações de preços.

Existem três categorias de alimentos para cães e gatos: Standard, Premium e Super Premium. Existe também uma categoria econômica de qualidade nutritiva bastante questionável.

Dentro dessa divisão há outras especificidades, como faixa etária (filhotes, adultos e idosos), porte (raças pequenas, médias e grandes), animais castrados, sabor e, enfim, finalidades terapêuticas.

 

Standard

São os alimentos mais simples e, sem dúvida, mais baratos. Geralmente são produzidos com ingredientes variáveis, ou seja: a fórmula pode mudar conforme disponibilidade e custo da matéria prima no mercado. A digestibilidade desses produtos é mais baixa, o que faz com que o animal consuma, consequentemente, uma quantidade maior para atender as suas necessidades naturais e produza, assim, maior volume de fezes.

As rações Standard suprem as necessidades básicas sem oferecer os benefícios adicionais dos alimentos Premium e Super Premium. Normalmente, há duas versões deste tipo de produto: filhotes e adultos.

Premium

Alimentos industrializados considerados Premium tem formulação fixa, completa, balanceada. Além disso, possuem melhor qualidade de ingredientes. Podem conter em sua formulação matérias primas como carne de boi, frango, peru, ovelha, peixe e ovos. Podem, ou não, conter corantes na formulação.

O trato digestivo dos animais costuma metabolizar melhor estes alimentos, portanto o consumo tende a ser menor e mais eficaz.

Versões disponíveis: filhotes e adultos de vários portes, animais castrados, idosos e versão light.

Exemplos de Alimentos Premium disponíveis do mercado:

  • Gatos:  Cat Chow, Whiskas, Golden, Gran Plus, Matisse, Sabor & Vida.
  • Cães: Dog Chow, Pedigree, Golden, Gran Plus, Ecopet, Sabor & Vida.

Super Premium

Os alimentos Super Premium são produzidos com matérias primas de alta qualidade e digestibilidade, o que ajuda, sem dúvida, na digestão e absorção de nutrientes. Por isso, o animal ingere menor quantidade com melhor aproveitamento.

Produtos desta categoria podem conter alguns ingredientes nutracêuticos, ou seja, ingredientes que tem alguma ação benéfica comprovada para promover melhora da qualidade de vida. São exemplos a L-Carnitina, sulfato de glicosamina e condroitina entre outros. Outra característica é que não possuem corantes.

Versões disponíveis: filhotes e adultos de vários portes, alimentos para raças específicas, animais castrados, idosos, versão light.

Exemplos de Alimentos Super Premium disponíveis do mercado:

  • Gatos: Royal Canin, Premier Gatos, Pro Plan, Equilíbrio Gatos, Cimiao,  Hills, N&D Gatos (alimento grain free).
  • Cães: Royal Canin, Premier Fórmula, Pro Plan, Equilíbrio Cães, Cibau, Hills, Eukanuba, N&D Cães (alimento grain free).

Alimentos Grain Free

Recentemente a empresa Farmina Pet Foods, industria italiana de alimentos para cães e gatos, trouxe ao Brasil o novo queridinho da categoria Super Premium: o Grain Free.

As dietas “grain free”, são alimentos que respeitam a  fisiologia dos carnívoros (altos níveis proteicos e lipídicos e  baixos teores de carboidratos).

Alimentos Terapêuticos (ou Coadjuvantes)

Os alimentos terapêuticos entram na categoria Super Premium por serem produtos de alta qualidade. Porém, devem ser prescritos apenas por veterinários para tratamento e/ou manutenção de animais com doenças específicas (cardiopatas, hepatopatas, alérgicos, obesos, diabéticos, etc.)

Marcas que comercializam produtos coadjuvantes: Royal Canin, Farmina Vet Life, Hills, Premier, Equilibrio e Pro Plan.

Dicas para escolher a melhor ração para o seu pet:

  • Antes de escolher o alimento industrializado, consulte seu médico veterinário para que avalie se seu pet possui alguma condição específica.
  • Cada etapa da vida requer uma alimentação adequada. Portanto, considere a idade do seu animal na escolha do alimento.
  • O porte é outro fator importante a ser considerado. As necessidades nutricionais são diferentes dependendo do tamanho do animal.

Conclusão:

Oferecer ao pet um alimento completo e balanceado irá melhorar, sem dúvida, a sua qualidade de vida, saúde, longevidade, evitando o aparecimento de doenças relacionadas à má nutrição. Opte, portanto, por investir um pouco mais na alimentação do seu bichinho.

Não esqueça de deixar à sua disposição água limpa e fresca. Seu filho de quatro patas agradece!

 

Valentina Vecchi

Médica veterinária, com especialização em Clinica e Cirurgia e Acupuntura Veterinária. Atualmente, atende com acupuntura em São Paulo e escreve para seus blogs pessoais e outros sites.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

www.000webhost.com